Acesse agora
Conecte-se. uma rede social para encontrar e oferecer ajuda.

Mãe ser Mãe

Um espaço de reflexões, aprendizagem e troca de experiências, focado na mulher que está para se tornar mãe, acabou de dar à luz ou já é mãe há algum tempo.

To be a mother is a fantastic experience and really touches us, making the woman literally turning upside down. It touches the relationships, touches the vision of the profession, and touches the values of life.

Mother Being Mother was created exactly for talking about that and much more.  A space for reflections, learning and exchange of experiences, focused on the woman soon to be mother, just gave birth or already is a mother for some time.

 

An environment for you (1) to connect with yourself, (2) to reflect about the challenges and opportunities that appear and (3) to walk toward the construction of your own history, making conscious choices in the journey of your motherhood.

Through different learning programs, being your presence or virtual, individual and collective, the Mother Being Mother is a complete platform to support you.

The Mother Being Mother is a creation and conduction of the Ubuntu Network, a collaborative network of persons and organizations focused in the development of the SELFtrepreneurship. A network that inspires people, teams and organizations to reflect about their purposes and move on with their projects.

Mãe Ser Mãe

To find your way to live motherhood.

Depoimentos

“O que você quer ser quando crescer??? Quem nunca ouviu esta pergunda que era rapidamente respondida: bombeiro,balairina, professora, não sei... Hoje poucos cumpriram a resposta e provavelmente nem saberiam verdadeiramente responder. No que você é bom? O que te motiva? O que você quer fazer? São perguntas aparentemente simples que que muitas vezes não sabemos responder. Que esta tudo lá, basta olhar é fato. Mas as vezes não é tão fácil enxergar, organizar. O RUA ajuda a detectar, organizar e deixar mais claro estas coisas. Facilitando o processo de saber no que somos bons, para onde queremos ir e como. Não traz as respostas mas sim o jeito de obtê-las. Não faz o percurso mas nos indica como construir o mapa. O nosso mapa que é pessoal e intransferível. O mapa que vai nos levar de encontro ao nosso propósito que é simplesmente chegar onde queremos usando o que temos de melhor. Fazendo isto temos nossas maiores chances de sermos bons no que fazemos. E mais que isto, sermos felizes com isto”.