Diálogos para renovar estruturas

Tenho tido a oportunidade de realizar alguns trabalhos com o objetivo de, pura e simplesmente, promover o diálogo entre as pessoas. Tem sido muito significativo notar que, quando o diálogo realmente acontece, as estruturas se renovam. É transformador!

O diálogo amplia a percepção cooperativa da realidade. Cria para todos nós oportunidades de compartilhar significados, diante de uma escuta mais disponível, sem a necessidade de, naquele momento, decidir. É um fluxo de ideias que se encontram, se encostam, se separam, se opõem, se complementam, em uma dança livre de significados compartilhados. E, como em uma espiral, os significados vão se ampliando, transcendendo e se transformando para muitos dos indivíduos que estão sustentando esse campo.

Não há intenção de convencer. Há uma oportunidade riquíssima de observar os pensamentos dos outros, seus fundamentos e, também, se observar enquanto escuta, enquanto fala. E, assim, se conectar com seus próprios significados (às vezes esquecemos quais são eles) e, também, com o dos outros, compreendendo posicionamentos dos quais se discorda, sem necessariamente ter que mudar de opinião. Mais do que isso, é a oportunidade de enxergar ideias se aprimorando, se lapidando, se orquestrando...

Deliberar e debater são modelos de conversa essenciais para nosso caminhar em sociedade. Mas, se o diálogo tiver mais espaço, a qualidade de nossas decisões certamente será melhor para dar conta das demandas do mundão de hoje.

“Perceber e pensar as mesmas questões de modo diferente, a fim de que, daí, possam emergir novas ideias.” Este é um dos benefícios do diálogo, destaca Humberto Mariotti, médico, escritor, professor da Business School São Paulo e coordenador do Grupo de Estudos Contemporâneos da Associação Palas Athena, em São Paulo.

Tenho testemunhado o engajamento e a renovação da esperança de muitas pessoas, ao notar o quanto a oportunidade em dialogar esclarece questões “obscuras” e cria oportunidades para um trabalho investigativo em relação ao que precisa ser cuidado. Tem valido muito a pena! Quero seguir nesse caminho!

 

Profile picture for user Mariana Pires
Mariana Pires
Atuo com facilitação e condução de processos de aprendizagem, com temas que envolvem reflexões sobre propósito de vida, diálogos, auto-conhecimento e desenvolvimento humano. Minha vinda para a Rede Ubuntu, em 2014, foi o marco de uma transição: atuava há 07 anos com Projetos nas áreas de Arte-Educação, Cultura e Lazer e Sustentabilidade. Hoje, tudo isso se converge nos trabalhos que realizo.